Notícias

A cidade de Botuverá, em Santa Catarina abriga a maior caverna do Sul do Brasil, considerada uma das mais belas da América Latina. Os cenários no interior da caverna são fascinantes, com salões de até 20 metros de altura cobertos por esculturas naturais que há 65 milhões de anos têm sido continuamente formadas por meio da ação da água e do tempo. O esmerado trabalho da natureza também pode ser apreciado do lado de fora, nas paisagens rurais do município, recortado por montanhas, vales e cachoeiras. É neste cenário que durante os próximos meses, a Raízes do Brasil Consultoria executará ações que visam a estruturação turística do município.

Aconteceu no dia 06 de julho de 2017, durante o 1º Salão de Turismo do Vale Europeu, na cidade de Gaspar (SC), o workshop “Normalização e Certificação no Turismo Brasileiro”. Essa ação trouxe uma abordagem sobre o processo de normalização e certificação do turismo no Brasil e a experiência internacional neste tema. O Brasil é um líder mundial em normalização no Turismo de Aventura e vem se destacando no processo de normas técnicas internacionais (ISO) neste segmento e também no para as normas de sustentabilidade em meios de hospedagem.

A cidade de Navegantes, em Santa Catarina, é mais conhecida pelo porto que movimenta grande volume de bens produzidos pela economia catarinense. Todavia, na cidade existe também um expressivo e vibrante acervo cultural, composto por saberes, celebrações, rituais e festas, formas de expressão e lugares. A Raízes do Brasil está realizando a inventariação de bens culturais imateriais do município, como subsidio à elaboração de propostas de captação de recursos para projetos culturais e o fomento ao desenvolvimento cultural do município.

No mês de abril de 2017 a Raízes do Brasil produziu um diagnóstico situacional preliminar sobre a qualidade dos serviços prestados por pequenos meios de hospedagem que atendem diretamente ao Circuito Vale Europeu de Cicloturismo. O diagnóstico foi elaborado por meio de uma visita técnica em 12 empreendimentos selecionados para este projeto e foi embasado nos indicadores propostos em três documentos distintos:

  • Norma Brasileira de Sustentabilidade em Meios de Hospedagem (ABNT NBR 15401);
  • Normas da Rainforest Alliance para sustentabilidade em meios de hospedagem;
  • Minuta do Projeto de Turismo para o Médio Vale Europeu, elaborado pelo CIMVI.

No mês de março de 2017 a Raízes do Brasil realizou o 1º Workshop Qualidade em pequenos meios de hospedagem do Vale Europeu Catarinense. Direcionado para pequenos empreendimentos de hospedagem, o objetivo deste workshop foi o de sensibilizar os empreendedores da região sobre a importância do seus equipamentos turísticos oferecerem um padrão adequado de qualidade nos serviços prestados. Foram abordados temas como receptividade / hospitalidade, padrão das acomodações, qualidade (exclusividade) da alimentação e serviços adicionais como gestão, informações regionais e serviços de apoio.

Serro é uma típica cidade histórica de Minas Gerais, com seu casario do período colonial bastante preservado e ladeiras que levam à belíssimas igrejas do século XVIII, a exemplo da Igreja de Santa Rita, que está localizada no ponto mais alto do Centro Histórico, acessível por uma escadaria de tirar o fôlego, no sentido exato da expressão. Contudo, a joia desta cidade e o motor da economia local está representada pelo o turismo, pelo gado leiteiro e pelo queijo. Tanto que o modo artesanal de fazer o queijo do Serro é patrimônio imaterial de Minas Gerais. Mas Serro também é natureza: para curtir as belezas cênicas do município, as opções são os povoados de Milho Verde, São Gonçalo do Rio das Pedras e Pico do Itambé.

É neste cenário que a Raízes do Brasil Consultoria desenvolverá um projeto turístico que se caracteriza por um diagnóstico de ambiente e uma análise de estratégias de marketing para posicionamento do destino frente ao mercado turístico regional e nacional.

A região norte do estado de Minas Gerais, onde se localizam as cidades de Grão Mogol, Cristália, Botumirim e Itacambira, está encravada na Serra do Espinhaço, terra dos diamantes, e parece ser abraçada pelas serras do entorno. Apresenta um conjunto arquitetônico composto por casarios antigos e belo cenário natural, onde a seresta impera solene. A vocação para o turismo reflete na rede hoteleira da região e nos demais empreendimentos turísticos, que vêm se estruturando para receber turistas de todos as regiões do estado e do país.

Como apoio a esse processo de estruturação, a Raízes do Brasil  Consultoria deu início a execução do projeto para a estruturação, organização e implantação de estratégias de gestão para a rede de atendimento ao Turismo. Um projeto concebido e contratado pelo SEBRAE – MG, da regional de Montes Claros.

Reestilização do site da empresa Ativa Rafting Vale Europeu, de Santa Catarina. O novo layout do site ficou com um visual mais leve e intuitivo, dando ênfase às belas imagens que caracterizam as atividades na natureza oferecidas pela empresa referência em turismo de aventura no Brasil.

Entre os dias 25 de abril e 10 de maio a equipe da Raízes do Brasil esteve em Roraima para o reconhecimento da área de duas importantes unidades de conservação federais – o Parque Nacional Serra da Mocidade e a Estação Ecológica Noquiá. Localizadas no centro-sul de Roraima, as duas unidades compõem o Mosaico de Caracaraí juntamente com outras três UCs – Parque Nacional Viruá, Estação Ecológica Caracaraí e Floresta Nacional Anauá. O Mosaico que tem um total de 1.208.540 há., tem valor estratégico para a conservação ambiental na região amazônica.

A Raízes do Brasil esta realizando o diagnóstico de uso público para essas duas unidades, trabalho que dará subsídios para o desenvolvimento dos Planos de Manejo de ambas as UCs. Durante o reconhecimento, foram percorridos mais de 700 km de barco por rios amazônicos.

No último dia 16 de fevereiro, a Raízes do Brasil Consultoria foi convidada a apresentar ao Conselho Estadual de Turismo em Florianópolis, os resultados do Projeto de Estruturação e Roteirização Turística do Vale Europeu Catarinense. Desenvolvido por sua equipe de consultores, o projeto tem sido considerado um case de sucesso desenvolvido pela Raíses do Brasil, tido como extremamente inovador e uma importante ferramenta de apoio à gestão pública regional do turismo.